Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A Superintendência Regional do Trabalho do Estado do Paraná (SRTE-PR) fará a partir desta segunda-feira (12) uma grande operação para apurar as condições de segurança do trabalho no Porto de Paranaguá (PR).

Uma equipe formada por sete auditores fiscalizará a questão da segurança para o trabalhador do porto, que é um dos maiores do País.

O SRTE recebeu nos últimos meses diversas denúncias sobre o local.

Em fevereiro, um acidente de trabalho tirou a vida de um homem de 47 anos.

Segundo a direção dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), o acidente fatal aconteceu na área carga e descarga de fertilizantes, onde o trabalhador acabou sendo soterrado.

A vítima fazia a limpeza do equipamento, quando por imprudência o operador do guindaste acabou por liberar a carga de fertilizantes sobre o mesmo, que morreu no local.

O que mais chama a atenção neste caso é o fato de o trabalhador ser de uma empresa terceirizada. Trabalhadores terceirizados são notoriamente as maiores vítimas de acidente de trabalho, devido principalmente às precarizadas condições de trabalho e a rotineira despreocupação com equipamentos de proteção individual e a segurança em geral.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas