Operação Ressonância: golpistas da Lava Jato iniciam ataque na saúde pública do RJ

pf

Da redação – A força-tarefa da operação golpista, Lava Jato, deflagrou mais um desdobramento – ou etapa -, a Operação Ressonância, que é resultado da Operação Fratura Exposta, levando agora à destruição da área das empresas nacionais para as repartições públicas. A investigação vai apurar envolvimento de multinacionais que fornecem equipamentos e materiais para o setor de saúde, na Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.

A Fratura Exposta, como um desdobramento das Operações Calicute, investigou superfaturamento e desvios na urbanização de cidades do Rio, bem como a Operação Eficiência que prendeu Eike Batista e aprofundou os ataques às empresas nacionais para a entrega das mesmas aos capitalistas estrangeiros.