Siga o DCO nas redes sociais

Estudantes ocuparam a UFFS
Ocupar todas as universidades contra o governo Bolsonaro!
Após a ocupação na UFFS, seguiu-se uma greve na UFSC.
fdsfdsfds (2)
Estudantes ocuparam a UFFS
Ocupar todas as universidades contra o governo Bolsonaro!
Após a ocupação na UFFS, seguiu-se uma greve na UFSC.
Ocupação na UFFS. Foto: Reprodução
fdsfdsfds (2)
Ocupação na UFFS. Foto: Reprodução

Os alunos da Universidade Federal da Fronteira do Sul, em Chapecó, ocuparam a universidade contra a nomeação de Marcelo Recktenvald como reitor por parte do governo federal. A nomeação foi considerada arbitrária, já que Marcelo nem mesmo havia chegado ao segundo turno. Após a ocupação, ocorreu também uma greve na Universidade Federal de Santa Catarina. Isso demonstra a disponibilidade de estudantes, professores e demais trabalhadores da educação em lutar contra o desmonte da universidade pública.

Trata-se de mais um ato de luta pelos direitos democráticos por parte dos alunos das universidades públicas. O governo Bolsonaro está ai para destruir todo tipo de direitos democráticos, sendo um dos mais importantes o acesso à educação pública e de qualidade.

Após a ocupação,  uma comissão foi formada para negociar a reintegração de posse pedida pela reitoria. A reitoria chegou a dizer para os alunos se contentarem com Marcelo Recktenvald, antes que o governo coloque um interventor de verdade. A ameaça se trata de um blefe por parte do governo, já que o mesmo discurso atinge inclusive setores da própria esquerda pequeno burguesa, que se negam a pedir o Fora Bolsonaro com medo de que o governo caia nas mãos de Mourão.

A única coisa que levará a um governo cada vez mais autoritário é a imobilidade. É de extrema importância que os estudantes, os professores e os demais trabalhadores tomem suas universidades para lutar contra o governo ilegítimo e fascista. Somente a mobilização da população conseguirá derrotar o autoritarismo e conseguir garantir os direitos democráticos da população.