Siga o DCO nas redes sociais

“A batalha não está ganha”
“Ocupar Curitiba por Lula Livre hoje!”
Baggio e Gleisi chamam a ocupar Curitiba pela imediata liberdade de Lula e a anular a sentença de Moro para restabelecer todos os direitos políticos do ex-presidente
Baggio
“A batalha não está ganha”
“Ocupar Curitiba por Lula Livre hoje!”
Baggio e Gleisi chamam a ocupar Curitiba pela imediata liberdade de Lula e a anular a sentença de Moro para restabelecer todos os direitos políticos do ex-presidente
Arquivo DCO 2019
Baggio
Arquivo DCO 2019

Da redação – Durante declaração feita na Vigília Lula Livre na noite dessa quinta (07), o coordenador estadual do MST e da Vigília Lula Livre, Roberto Baggio, chamou todos a ocuparem Curitiba hoje para exigir a imediata libertação do ex-presidente Lula.

Baggio explicou que nada está garantido, que é preciso mobilizar:

“O que nós teríamos que entender é que nós ganhamos hoje uma decisão histórica do Supremo, mas ainda a batalha não está vencida. Então o que é muito importante, que todo mundo que está acompanhando… o pessoal aqui do Paraná, de Curitiba e região metropolitana pudesse se deslocar para cá para fortalecer, com muita gente aqui na Vigília, para exigir a libertação imediata, ainda na manhã, do presidente Lula!”

Em seguida convocou todos a ocuparem Curitiba nesta sexta:

Convocamos todo mundo a organizar caravanas, caminhões, ônibus, vir a pé ou de bicicleta, pois é a presença massiva aqui que vai exigir que a decisão do Supremo, que a Justiça Federal de Curitiba aplique a decisão de lá e se preciso, vamos ter que pressionar a Justiça Federal daqui para por imediatamente o Lula em liberdade. Então durante esta noite toda vamos nos articular, vamos nos mobilizar para que amanhã cedo tenha milhares e milhares de pessoas aqui em Curitiba na Vigília Lula Livre.”

A presidenta do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffman, falou antes de Baggio e levantou outro aspecto importante, de que além de fazer valer o direito de Lula à liberdade é preciso fazer valer todos os seus direitos políticos:

“… nossa luta vai continuar, porque o que nós queremos é a anulação da sentença do Moro… nós não vamos descansar enquanto Lula não tiver todos os seus direitos restabelecidos.”

A compreensão de que a liberdade de Lula só virá com mobilização popular nas ruas e que seus direitos políticos só podem ser restabelecidos anulando todos os processos fraudulentos contra o ex-presidente e a operação golpista Lava Jato mostra o nível da radicalização política expressa nas direções, mas que vem de toda a base do movimento da luta contra o golpe e pela liberdade de Lula.

Por isso, hoje todos a Curitiba, pela liberdade de Lula, pela anulação de todos os seus processos e pelo fim da operação golpista Lava Jato!

Confira o vídeo aqui.