Poesia marginal
O livro Poesia Completa reúne todas a obra poética publicada de Cacaso, e também traz ineditas anotações do autor, colhidos de 23 cadernos do poeta, que foram escritos em 1977 e 87
Cacaso-1024x603
Antonio Carlos de Brito, ou Cacaso, principal figure da Poesia Marginal. | Foto: Reprodução
Cacaso-1024x603
Antonio Carlos de Brito, ou Cacaso, principal figure da Poesia Marginal. | Foto: Reprodução

Assim como fez com as obras de Paulo Leminski, Ana Cristina Cesar e Waly Salomão, a Companhia das Letras reúne agora a produção poética do mineiro Cacaso em um único volume. o livro, chamado “Poesia completa”, junta seis livros do autor, de A palavra cerzida (1967) a Mar de mineiro (1982) , além de uma seleção de poemas inéditos recolhidos pela editora Heloisa Jahn.

O livro Poesia Completa reúne todas a obra poética publicada de Cacaso, e também traz ineditas anotações do autor, colhidos de 23 cadernos do poeta, que foram escritos em 1977 e 87, o ano de sua morte. e também traz ainda 60 das mais de 200 letras de canções feitas em parceria com figuras como Tom Jobin, Djavan, João Bosco, Edu Lobo, e entre outros

O poeta Antônio Carlos de Brito, mais conhecido como Cacaso, foi  um dos nomes do Brasil na década de 70. Nascido em Uberaba em 1944, o poeta, que viveu no interior de São Paulo até os 11 anos, se muda para o Rio de Janeiro, onde começa seus estudos de filosofia. Nos anos 60 e 70, Cacaso leciona teoria literária e literatura brasileira na PUC-RJ. Apos o movimento cultural da Tropicália e o golpe militar de 1964, principalmente em função da censura da ditadura, nascem meios alternativos de difundir a cultura nas ruas, sendo uma delas o que é denominado “movimento Alissara”, ou então, Geração Mimeógrafo, aludindo a ferramenta do mimeógrafo, que era um instrumento utilizado para fazer cópias de papel escrito em grande escala usando o estêncil.

O gênero de poesia que foi denominado de “marginal” no Brasil, e que tem como principal figura de destaque o Cacaso, se tornou conhecido por este nome porque seus poetas abandonaram os meios tradicionais de circulação das obras, através de editoras e livrarias, e buscaram meios alternativos, realizando cópias mimeografadas de seus trabalhos, comercializados a baixo custo, vendidos de mão em mão, nas ruas, em praças e nas universidades. Esta militância cultural permitiu com que os artistas deste movimento se expressassem livremente em pleno regime de ditatura militar, e seu sucesso e existência esta marcado, por isso, a existência da censura politica.  A tradição marginal de rua se estendeu até os anos 80.

Como poeta estreou em 1967, com o livro A palavra cerzida. Em 1974, lança Grupo Escolar, pela coleção Frenesi, depois vieram Na corda bamba (1978), Mar de mineiro (1982) e Beijo na boca e outros poemas (1985), que reunia uma antologia poética da obra do autor. Cacaso viveu até os 44 anos, quando, em 1987, morreu de infarto.

Relacionadas
Send this to a friend