Manobra
Ardil de Ciro Gomes para confundir a esquerda e os trabalhadores ilustra a natureza fundamental da frente ampla, uma armadilha que deve ser enfrentada
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Ciro Gomes e MBL
Sempre burguês | Foto: Reprodução

O encontro entre Ciro Gomes e Lula foi o grande evento da última semana, e também aquilo que atualmente se chama fake news, uma notícia falsa. Após divulgar uma foto do ex-presidente Lula com o oligarca cearense, a imprensa noticiou uma suposta reunião e que uma articulação entre os dois estaria em desenvolvimento. Contudo, nem a reunião e menos ainda a articulação são verdadeiras.

A primeira a se pronunciar sobre o caso e desmentir a falcatrua, foi a candidata do PT à prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins. Em vídeo, a petista declarou:

“Não teve não minha gente. É fake News, é mentira. Esse povo adora fazer isso…. você (Ciro Gomes) postou nas redes, na imprensa nacional que você tinha se encontrado com Lula para que eu apoiasse seu candidato amarelinho no segundo turno. Sabe por que o Ciro Gomes com a força do povo a gente vai para o segundo turno….”

Luzianne Lins, vale lembrar, é um dos principais alvos da manobra cirista, devido a disputa eleitoral na capital do Ceará, domínio da oligarquia Ferreira Gomes que controla o governo do estado e busca controlar também a prefeitura de Fortaleza, o que coloca a candidata petista em choque com os interesses da família Gomes.

Esse caráter é facilmente percebido pelo momento e o formato da campanha, apresentando os dois como supostos aliados, induzindo os setores mais despolitizados da esquerda a imaginarem que Lula estaria apoiando os Ferreira Gomes, e consequentemente, os candidatos do PDT em Fortaleza.

Cumpre destacar que a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, prontamente declarou não haver nenhum acordo com o PDT, que levantou uma forte campanha contra Lula e o PT em todo este período. A reunião, que não há prova nenhuma de ter acontecido apenas serviu para animar frente ampla e desmoralizar a esquerda.

 

Pedido de desculpas não mudam cenário

 

Para a presidenta do PT, Ciro Gomes deveria pedir desculpas pelos ataques constantes ao PT, antes que qualquer tipo de aliança fosse considerada, o que é uma motivação politicamente muito fraca. Um demagogo profissional poderia facilmente contornar isso sem mudar sua política.

Vimos no último período uma série de golpistas declarando-se arrependidos de apoiar a direita e o golpe, contudo, mantendo-se politicamente tão direitistas quanto antes. Cumpre ainda lembrar o mea culpa feito pela Rede Globo, a respeito de seu apoio ao golpe de 1964, o que foi de consequência nula para o apoio do monopólio ao golpe de 2016.

O caráter de classe é constantemente reforçado pelos posicionamentos de Ciro Gomes, que não mudaram em nada no último período, como pode ser visto em seus ataques ao PT e a Lula durante o golpe de Estado, a defesa de Tabata Amaral (uma funcionária do setor mais poderoso da burguesia).

Com essa última manobra, rasteira, muito típica da burguesia e sem outro objetivo além confundir a população, Ciro deixa claro que sua política continua a mesma: desmoralizar a esquerda, em primeiro lugar a candidatura do PT à prefeitura de Fortaleza mas também os setores da esquerda contrários à política defendida pela burguesia de frente ampla.

Como nem mesmo a existência de tal reunião foi comprovada, Ciro Gomes ajuda a esclarecer o caráter da frente ampla, que nada mais é do que abusar de artifícios mentirosos para ludibriar e confundir a população. E por isso mesmo, deve ser enfrentado com todo vigor pela esquerda e as organizações politicamente alinhadas aos interesses dos trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas