Universidade marxista
Se inscreva no curso e descubra o que foram os kulaks, a política de coletivização forçada do stalinismo que gerou uma grande fome e uma enorme crise política na URSS
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
5bd1984415e9f94e300f6897
A repressão aos kulaks, camponeses mais abastados, fez parte da política de coletivização forçada | Arkady Shishkin/МАММ/russiainphoto.ru

No dia 27 de dezembro de 1929, o representante da burocracia soviética que havia tomado o poder no país, Josef Stalin ordenou a “liquidação dos kulaks como classe”. Este evento fez parte de um das mais famosas e desastrosas políticas do stalinismo, a coletivização forçada no campo. Os kulaks, como eram chamados em russo, são a camada superior dos camponeses, foram os que apresentaram a maior resistência às políticas de coletivização e por isso sofreram duras repressões como deportações e até execuções. Essa política stalinista também desestabilizou completamente a produção de alimentos na URSS gerando uma grande onda de fome no país.

A política de coletivização forçada do stalinismo gerou uma imensa fome no país em conjunto a uma enorme crise política que poderia ter levado ao fim da própria URSS, foi mais um dos enormes erros do stalinismo. Este acontecimento e muitos outros serão abordados na Universidade Marxista em janeiro e fevereiro de 2020, o tema será justamente “O que foi o stalinismo: uma analise marxista”. Acesse universidademarxista.pco.org.br e inscreva-se neste que é o maior e melhor curso de formação política da esquerda nacional!

Leia mais no “dia de hoje na história”: https://www.causaoperaria.org.br/27-12-1929-stalin-ordena-a-liquidacao-dos-kulaks-como-classe/

Se inscreva no curso: https://universidademarxista.pco.org.br/

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas