O que aprender com a experiência da política do PSDB em SP? Veja no programa TV Mulheres

Largo Paissandu

Da redação  – No estado de São Paulo, há décadas dominado pelo PSDB, e na prefeitura também do PSDB com João Dória, os direitos da população são duramente atacados, particularmente os das mulheres. É sobre como essa experiência paulista e paulistana se estendeu para o resto do país com o golpe de Estado, que o programa TV Mulheres vai conversar na segunda-feira, dia 2 de julho, às 19h com a vereadora petista de São Paulo, Juliana Cardoso.

Vereadora pelo PT em três mandatos, Juliana Cardoso vem acompanhando de perto os acontecimentos envolvendo os setores mais oprimidos da população da capital paulista. Recentemente muitos desses acontecimentos envolvem as mulheres e seus direitos e é sobre isso que o TV Mulheres vai conversar a vereadora no programa do próximo dia 2.

Alguns exemplos dos temas que serão discutidos no programa: a esterilização forçada, via decisão de um juiz provocado por um promotor do município de Mococa, a violência contra Janaína Aparecida representado uma excrescência do judiciário e o desprezo pelas mulheres e pela população pobre do país; a situação de abandono das pessoas que estão na rua, no Largo do Paissandu, após a derrubada de um prédio na região central da cidade de São Paulo que poderia ser uma morte materna, o que por sorte não ocorreu, mas levou à morte de uma recém-nascida; a discussão do projeto de lei do aborto legal na Câmara Municipal de São Paulo que foi travada e impedida pelo negro de alma branca do MBL, vereador pelo DEM, Fernando Holliday.