Rogério Ceni: “o problema é o VAR”

Screenshot_7

Nesse fim de semana ocorreu o jogo entre Atlético Mineiro e Fortaleza. A partida rendeu uma fala do técnico do Fortaleza, Rogério Ceni:

Como você vai ser a favor de um instrumento que te atrasa o jogo em dez minutos, e todos em lances interpretativos? O primeiro pênalti que foi marcado, o segundo pênalti que foi marcado. Ninguém verificou a imagem do Carlinhos antes do pênalti, tem que verificar a totalidade do lance. O problema não é o VAR, é que a cada dia se distorce mais, se abre um leque de opções. Têm três caras no ar-condicionado por onde tem que passar o lance. A decisão cabe pra quem está no campo.

Precisamos deixar bem claro que o problema é sim o VAR.

Extremamente propagada pela imprensa golpista, o VAR claramente demonstra seu propósito. O VAR tem lado, o VAR “veste a camisa”. É um sistema para controlar os resultados do jogo.

O discurso de “jogo limpo” é apenas demagogia, quem determina os resultados do jogo e, consequentemente, dos campeonatos, o faz porque tem dinheiro e porque vai lucrar mais com aquilo.

Além disso, o VAR simplesmente acaba com todas as raízes do futebol, que se torna cansativo, demagógico e sem mais necessidade de jogadores habilidosos.

O futebol é um esporte do povo e é necessário denunciar todos e quaisquer atos arbitrários de tentativa de sua destruição.