Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Durante a primeira parada da caravana de Lula pelo Sul do país nesta segunda (19), na cidade de Bagé, perto da fronteira com o Uruguai, houveram manifestações dos habituais coxinhas histéricos com bandeiras do Brasil e a boca larga para disparar absurdos.

A imprensa burguesa descreveu as manifestações como sendo “populares”, mas nada poderia ser mais falso. Os coxinhas que estavam ali ou eram latifundiários ou eram financiados por estes, em uma região onde conflitos de terra são bastante frequentes e existem relatos até de “vaquinhas” para comprar munições para atirar em militantes do MST.

É claro que os “manifestantes” contaram com a proteção da polícia para realizar o seu coxinhato. De trás de um batalhão de brigadistas, eles berraram seus absurdos contra Lula, PT e toda a esquerda. É engraçado perceber que, se fosse uma situação contrária, com militantes de esquerda protestando contra a caravana de um direitista, não existem dúvidas de que iriam sobrar balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio.

Por isso é urgente a necessidade da esquerda se mobilizar pela sua autodefesa. Não é mais possível contar com a “proteção” da polícia contra os atos violentos de fascistas de verde e amarelo. É preciso tomar as ruas e colocar os direitistas de volta para o lugar de onde nunca deveriam ter saído: a lata de lixo da história.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas