O panorama político nacional e os próximos passos da luta contra o golpe: hoje, na análise política da semana

maxresdefault-1

O resultado da mobilização do 1º de Maio expôs de maneira mais clara as tendências políticas em choque no interior do movimento de luta contra o golpe e que em certa medida o paralisa. De um amplo setor que quer lutar, até o fim, contra o golpe, pela liberdade de Lula e pela defesa dos direitos democráticos do povo, sem ilusões nas instituições golpistas, até tendências que procuram, por dentro das regras do jogo, que os golpistas aboliram aliás, uma solução para a crise, ou seja que nutrem profundas ilusões democráticas, mas se veem confrontados com a realidade de um regime político cada vez mais ditatorial e com profundas tendências fascistas.

De tendências abertamente oportunista, que expressam o cretinismo parlamentar pequeno-burguês, aqueles que têm como estratégia de autodefesa conciliar-se e conviver com o novo regime dominado pelos golpistas, nem que para isso tenham que esquecer o ex-presidente Lula nas masmorras de Curitiba e aceitar o programa neoliberal. Todas estas tendências políticas estão presentes no interior movimento luta contrato golpe em maior ou menor grau.

O companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional PCO, analisará hoje, no programa a Análise Política da Semana, o panorama da luta política que se travou contra o golpe, as confusões políticas da esquerda, as estratégia da burguesia para confundir o movimento. É impossível desenvolver um movimento amplo quando no interior deste movimento há tendências opostas, e em certos casos fazem o jogo do inimigo.

Nesse sentido é necessária a unidade na ação, o que exige uma compreensão profunda, científica do problema, das possibilidades e dos métodos necessários para que o movimento atinja sua finalidade, ou seja, subordinar os métodos de luta a realidade objetiva e não ao desejo subjetivo.  

Esta compreensão profunda e científica é possibilitada pela análise marxista e revolucionária feita semanalmente pelo companheiro Rui Costa Pimenta, reconhecido como o principal analista político do país. O companheiro Rui vai tratar do significado do golpe no quadro da política internacional, das confusões da esquerda e o que isso acarreta ao movimento, do avanço do fascismo e dos métodos necessários ao movimento operário e popular para a luta intransigente contra o golpe até a Vitória.

Por isso não perca a análise política da semana, todos os sábados as 11:30 Centro Cultural Benjamin Péret, que fica na rua serranos, 90 na Saúde, próximo ao metrô saúde.  Ou se preferir assista ao vivo pela causa operária TV (COTV) no YouTube e nas redes sociais