Siga o DCO nas redes sociais

O País está no fundo do poço, mas o povo pagou mais impostos em 2018
Brazilian money
O País está no fundo do poço, mas o povo pagou mais impostos em 2018
Brazilian money
Depois de muita demagogia em torno dos impostos durante o governo PT, os golpistas mostram para que usurparam o poder: aumentar os impostos para o povo e perdoar as dívidas dos grandes empresários e dos bancos (mais R$155 bilhões perdoados só no governo Temer).
 
Precisaria de mais um “gênio” economista para explicar por que a carga tributária brasileira alcançou 35,07 % do PIB (Produto Bruto Interno) em 2018, o que equivale a R$2,39 bilhões (O número é resultado do estudo dos economistas José Roberto Afonso e Kleber de Castro para reportagem do jornal golpista O Estado de São Paulo).
 
A cifra significa que cada brasileiro pagou uma média de R$11.494 em impostos no ano passado. É como se cada habitante tivesse trabalhado 128 dias só para arcar com os tributos.
 
De 2008 a 2015 (governo PT), a carga tributária diminuiu cerca 1,92% do PIB. A partir de 2016, porém, houve um movimento inverso: o avanço dos impostos sobre o PIB foi de 2,23%.
 
Precisa de muito malabarismo para explicar o por que da alta dos impostos, reforma trabalhista, reforma da previdência dentre outros ataques nesse oceano de desgraças pós Golpe está sendo bom para o povo brasileiro.
 
As lutas parciais e a Frente Ampla com os partidos ditos “democráticos”, como PSDB, PDT, PP até agora só nos conduziram cada vez mais para dentro do abatedouro.
Só a centralização da luta em torno da derrubada do regime golpista por completo e convocação de novas eleições com participação de Lula poderá colocar o Golpe em xeque.