Menu da Rede

A lenda da urna sem cabeça

Expedito Mendonça

Expedito Mendonça

Formado em História pelo Centro Universitário de Brasília (CEUB). Colunista do Diário Causa Operária, participa às quintas e domingo do programa de esportes "Na Zona do Agrião“, transmitido no Youtube pelo canal Causa Operária TV.

Tesourada orçamentária

O orçamento nacional e o apagão estatístico do Brasil

O censo demográfico nacional está oficialmente suspenso em função dos cortes orçamentários nos recursos do IBGE

O IBGE foi duramente afetado pelos cortes no orçamento – Foto: Reprodução

Após disputas em torno às fatias mais apetitosas dos recursos públicos que compõem a previsão orçamentária nacional, o presidente fraudulento Jair Bolsonaro sancionou o orçamento da união, instrumento de planejamento que permite o Estado e o governo prever gastos, despesas e investimentos para “tocar a máquina pública”.

Os cortes de recursos apostos na peça orçamentária pelos parlamentares revela a luta encarniçada das diversas frações e camarilhas burguesas para se apropriar dos recursos destinados aos programas sociais que, em tese, protocolarmente, deveriam ser empregados para o benefício da população.

No entanto, devido às profundas tesouradas que o orçamento sofreu neste exercício, vários programas, ações e metas ficaram prejudicadas. Uma das mais importantes ações do Estado que estava prevista para ser realizada ainda este ano era o censo demográfico, realizado de dez em dez anos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levantamento de dados e pesquisa referente ao perfil da população que permite a formulação de políticas públicas. 

Em declaração lacônica, como se tivesse falando sobre algo irrelevante e sem qualquer importância, o secretário da Fazenda, Waldery Rodrigues disse que “não há previsão orçamentária para o Censo, portanto ele não se realizará em 2021″, simples assim. 

É escabrosa, mas não surpreendente, a forma como a direita e a extrema-direita tratam questões que dizem respeito aos interesses da sociedade em geral e aos direitos da população menos favorecida, em particular. 

Para termos uma ideia do tamanho do golpe contra o censo e o IBGE, a pesquisa perdeu 96% do orçamento, sendo reduzido de R$2 bilhões para R$71 milhões; ou seja, o trabalho que seria realizado por milhares de pesquisadores está inviabilizado pela ação dos golpistas que, diante da magnitude da crise, preferiram desviar os recursos para suas emendas parlamentares, beneficiando seus currais eleitorais, já de olho nas eleições de 2022. O fato é que a tesoura orçamentária submergiu o Brasil numa espécie de apagão estatístico, em meio às centenas de outros apagões que vitimam a sociedade nacional neste momento,

A não realização do censo ocasionou, inclusive, o pedido de exoneração da presidente do Instituto, Susana Guerra, que saiu em defesa da realização do Censo, criticando os cortes no orçamento destinados à pesquisa nacional.

O fato acontecido com o orçamento nacional este ano é somente uma pequena amostra do que vem ocorrendo no Brasil sob o governo de extrema direita, fascistoide, que ascendeu ao poder depois do golpe de Estado de 2016, perpetrado pelos políticos e partidos da chamada direita tradicional (MDB, PSDB, DEM e siglas golpistas menores) que sitiaram, isolaram e derrubaram o governo eleito em 2014.

A obra de destruição que está em curso no País, portanto, não é o resultado somente da ação deletéria da extrema-direita – como muitos querem fazer crer – mas o produto direto da colaboração e da ação da direita “limpinha e cheirosa”, a mesma que neste momento busca se credenciar junto à população para retomar as rédeas da condução política do País via o processo eleitoral que se avizinha, previsto para 2022.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.