A reboque da direita
Colunista do grupo Folha utiliza intelectuais da esquerda pequeno burguesa para atacar a ala lulista do PT e dos sindicatos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
VW SBC (1)
Assembléia de trabalhadores da GM | Imagem: reprodução

Em matéria publicada no Portal UOL, pertencente ao grupo Folha de S.Paulo, o colunista Ricardo Kotscho realizou uma enorme propaganda contra o PT a partir de uma análise do economista Marcio Pochmann, ex-presidente da Fundação Perseu Abramo em uma palestra realizada em Porto Alegre em 2019.

A utilização da palestra de Marcio Pochmann pelo colunista do grupo golpista da Folha de S.Paulo vem no momento em que a direita faz propaganda positiva do PSOL e ataca duramente a ala do PT que defende Lula e a luta contra a direita golpista.

Segundo Pochmann, ex-presidente da Fundação Perseu Abramo

“Essa nova realidade não faz parte do discurso dos sindicatos e dos nossos partidos. Estamos com uma retórica envelhecida”,

“A sociedade do final dos anos 70 e início dos anos 80, que deu origem ao PT, não existe mais. Se seguirmos fazendo as coisas do jeito que fizemos até aqui não teremos melhores resultados do que os que já obtivemos”.

Ainda tentam convencer o leitor que o trabalhador “operário” não existe mais e o que existe são pessoas que possuem PJ, trabalho informal entre outras coisas. Tudo isso para chegar no ataque a ala do PT sindical e ligada aos trabalhadores. E no decorrer do artigo, chegar onde queria que é as eleições municipais onde é atacada a iniciática do PT de lançar seus candidatos e não apoiar o candidato do PSOL Guilherme Boulos e de Luiza Erundina.

A esquerda pequeno burguesa não enxerga duas coisas. A primeira é que os trabalhadores são os mesmos e a luta de classes continua mais viva do que nunca, mesmo com a destruição da indústria nacional, os operários e proletários são em números muito maiores.

O segundo ponto é que a esquerda pequeno burguesa não enxerga ou procura não enxergar que essa campanha realizada pela direita dizendo que a sociedade mudou, que é preciso  novas lideranças, os sindicatos não possuem mais tanta importância ou qualquer coisa do tipo é para favorecer uma esquerda legalista e domesticada que não leva perigo nenhum para burguesia ou para a direita.

Nesse momento essa campanha serve muito bem para a direita golpista que quer isolar Lula e setores que lutam contra os golpistas desde 2016. É uma maneira de isolar e impedir que Lula, principal problema para os golpistas devido seu apoio entre a população e único com condições de mobilizar os trabalhadores e derrotar a direita nas eleições.

É preciso denunciar a esquerda pequeno burguesa que faz o jogo da direita para tirar a principal liderança dos trabalhadores das eleições e da luta contra a direita para evitar mobilizações e manter os golpistas e Jair Bolsonaro no poder.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas