Eleições 2020
O presidente do TSE, Luis Fernando Barroso, pede desculpas sobre atraso na divulgação dos resultados da votação deste domingo e busca explicar o que aconteceu
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Revista Veja
Matéria: Ministro do STF autoriza quebra de sigilo bancário do presidente Michel Temer
Personagem: Luís Roberto Barroso, ministro do STF.
Foto: Cristiano Mariz
Data:06/03/2018
Local: STF - Brasília - DF
Luis Fernando Barroso, presidente do TSE | Reprodução

Nesta terça-feira (17), Luis Fernando Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu desculpas pelo atraso na divulgação dos resultados do primeiro turno das eleições municipais de 2020. Segundo o ministro, o “pequeno probleminha” não comprometeu a fidedignidade do voto. Barroso disse que a primeira suposição foi falha em processadores do supercomputador do TSE, mas a conclusão técnica foi apreensão equivocada da tarefa de inteligência artificial.

O presidente do TSE considerou “um feito extraordinário” o resultado ter sido divulgado no mesmo dia. Segundo Barroso, as urnas deveriam ter sido entregues em março mas, por conta do coronavírus, foram entregues em agosto o que impossibilitou testes prévias. Outra consideração foi sobre as mudanças orientadas pela Polícia Federal na totalização dos votos que antes era realizadas pelos tribunais regionais e agora pelo próprio TSE.

O ministro ainda relatou a existência de articulação de milícias digitais que buscam descreditar todo processo eleitoral (como se este fosse minimamente democrático, como se não existisse fraude alguma nas eleições e na apuração das urnas). Afirmou que a situação já está resolvida e que tem “fé” que não ocorrerão novos problemas no segundo turno destas eleições municipais (haja fé para o ministro).

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas