Eleições em Fortaleza
O governador do PT e os Ferreiras Gomes torpedearam a candidatura do PT para garantir a vitória da frente ampla
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
FORTALEZA, CE, BRASIL, 29-06-2014: Camilo Santana (e), candidato ao governo do Estado, discursa ao lado de Cid Gomes, governador do Estado, na convenção. Convenção estadual do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), na faculdade Ari de Sá, para oficialização de apoio a Camilo Santana, para o governo do Estado. (Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)
Camilo Santana e Cid Gomes | arquivo

As manobras e articulações realizadas nas eleições de Fortaleza são ilustrativas do processo político nacional, particularmente com as forças políticas estão operando no sentido do fortalecimento da frente ampla, e no enfraquecimento na força eleitoral do PT.

Além do mais, Fortaleza se reveste de uma importância ainda maior, não somente por ser uma das capitais mais importantes do Nordeste, mas por ser um Estado que tem um governador formalmente do PT, Camilo Santana, mas que é na verdade um homem dos Ferreiras Gomes, oligarquia que controla a política cearense, que tem o ex- governador e ex- ministro Ciro Gomes como principal expoente.

No início da campanha eleitoral, uma das principais candidaturas era justamente uma candidata do PT, a ex-prefeita Luizianne Lins, que despontava como a representante da esquerda que iria para o segundo turno.

Os Ferreiras Gomes em conjunto com setores defensores da frente ampla, dentro do PT comandados pelo governador e o PCdoB torpedearam a candidatura de Luizianne Lins, com toda a sorte de manobras e artimanhas, em processo análogo com a realizada em diversos municípios do País, como no Recife, na articulação do PSB, PCdoB e PDT contra a candidatura de Marília Arraes, e mesmo em São Paulo, com o desmonte da candidatura do PT, em favor de Guilherme Boulos do PSOL.

Em Fortaleza, para derrubar a candidata do PT e permitir que o candidato do PDT fosse ao segundo turno, além da campanha tradicional de chantagem do “voto útil” para derrotar o candidato bolsonarista, apresentado como um espantalho conveniente, realizou uma campanha falsificadora, que  Ciro Gomes que invariavelmente tem atacado o PT e Lula em particular nas suas declarações, acusando o ex-presidente de ser “chefe de quadrilha”, de “corrupto” etc.  estaria fazendo as “pazes” com Lula. Evidentemente, o objetivo com essa campanha por parte dos Ferreira Gomes seria utilizar o prestigio de Lula para confundir o eleitorado do PT, dando a impressão que o candidato do PDT também seria de “esquerda” e estaria no “mesmo barco.” Camilo Santana fez o trabalho sujo dentro do PT para atacar a candidatura dentro do próprio partido, Luizianne Lins procurou mostrar o disparate da campanha de que Lula e Ciro estavam juntos novamente, mas o estrago já tinha sido feito.

Neste sentido, o balanço das eleições em Fortaleza relaciona-se com o desmonte da candidatura de Luizianne Lins, e pela intensa articulação pela “união” em torno da frente ampla para impedir que ela chegasse ao segundo turno, a fim de que o PT ficasse a reboque da frente ampla para apoiar o PDT “contra o fascismo”. Camilo Santana apoiou o Sarto logo no primeiro turno, bem como praticamente todas as forças de esquerda frente amplista.  Sendo que o candidato do PDT, Sarto é um representante do Ciro Gomes e da direita nacional. A esquerda o apoiou entusiasticamente em nome da luta contra o fascismo, do capitão Wagner.

A relação da oligarquia com a direita e dos Ferreira Gomes com a ala direita do PT são coordenadas do balanço das eleições em Fortaleza.  A vitória de Sarto com apoio da esquerda, inclusive do PSOL, foi fruto da atuação dos setores da oligarquia com a esquerda para bloquear a ida do PT para o segundo turno. De qualquer forma, mesmo tendo o apoio da quase totalidade das forças da esquerda reformista em Fortaleza, a candidatura do PDT teve dificuldades para ganhar as eleições no 2º turno.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas