Eleições 2020
Resultado mostra aumento no número de prefeitos diretamente ligados ao aparato de repressão em relação a 2016.

Por: Redação do Diário Causa Operária

O resultado das eleições municipais realizadas no último domingo (15) mostrou a eleição de 39% a mais de candidatos ligados ao aparato estatal de repressão, sejam policiais, militares da ativa e aposentados e bombeiros, cfe pesquisa feita pela revista Piauí, em relação às eleições de 2016.

O número passou de 36 prefeitos, policiais ou militares, para o total de 50. Foi apurado também o crescimento do número de vereadores, porém bem mais modesto, passando de 793 para 807, crescimento de 1,7%.

Entre as capitais que estão no segundo turno, em três delas há, ao menos, 1 candidato militar. Fortaleza, com Capitão Wagner (PROS), em Aracaju com a delegada Danielle (Cidadania) e  em Belém com o delegado Eguchi (Patriota).

Send this to a friend