474 óbitos em 24 horas
Ritmo de expansão do contágio da pandemia, e sua letalidade, explode enquanto golpistas buscam atender interesses da burguesia que ameaçam produzir um genocídio no país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolsonaro e mourão
Expansão mortal da pandemia é uma vitória do regime golpista de Bolsonaro. Foto: Arquivo/DCO |

Da Redação

O Brasil registrou nesta terça-feira, 28 de abril, o novo recorde de mortes pelo coronavírus no intervalo de 24 horas: 474 vítimas fatais contra 407 no último dia 23. O país teve também 5.385 novos casos de infecção confirmados no mesmo período.

Com isso, o Brasil tem oficialmente 71.886 casos de contágio pelo Covid-19, com outros 34.325 em acompanhamento, além de 5.017 mortos pela pandemia. Os números refletem apenas as estatísticas oficiais, que passam por uma profunda subnotificação e uma série de manipulações, além de dificuldades relativas a indisponibilidade de testes

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas