Novo ataque e manifestação
EUA seguem com bombardeios criminosos e mobilizações expressam revolta popular em todo o Oriente
funerl Iraque
Multidão acompanha funeral dos assassinados por ataque norte-americano |

O governo do Iraque divulgou na tarde de ontem (dia 4), que três foguetes atingiram a chamada “Zona Verde”, região da Capital, Bagdá, na qual situam-se os prédios do executivo, do parlamento, ministérios, bem como de algumas representações Resultado de imagem para foguetes na zona verdeinternacionais, como a embaixada dos Estados Unidos. O foguete caiu dentro da Praça da Celebração da Zona Verde. Ninguém teria ficado ferido.

“Morte a América”

 

Também no dia de ontem, dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas de Bagdá para acompanhar o funeral dos generais Abu Mahdi al-Muhandis, chefe de milícias no Iraque, e Qassim Suleimani, do Irã, ambos mortos em um ataque aéreo comandado pelos EUA na última quinta-feira.

A manifestação saiu da localidade de Al Jadriya e seguiu pela cidade. Em um clima de enorme revolta, a combativa manifestação acompanhava o funeral portando bandeiras e faixas com as fotos dos generais mortos gritando “Morte a América”. Os caixões de Al-Muhandis e outras vítimas, incluindo vários integrantes do FMP, milícia iraquiana majoritariamente xiita, foram envoltos na bandeira do país, enquanto o de Suleimani recebeu a bandeira do Irã. As vítimas iraquianas foram enterradas ao final da cerimônia.

O corpo do general Suleimani seguiu para o Irã ontem mesmo, onde era esperado por manifestações que devem reunir centenas de milhares de pessoas neste fim de semana.

Desde sexta, Em Teerã, milhares de manifestantes já se ruas nas ruas protestando contra o ataque criminoso ordenado pelo
governo norte-americano. Revoltados, os iranianos pedem vingança contra os EUA, agitando bandeiras e carregando retratos do general morto. Inúmeras bandeiras dos EUA foram queimadas nos protestos.

 

Novo ataque covarde

 

Ainda no final da sexta-feira, foi divulgado pelo grupo Forças Populares de Mobilização do Resultado de imagem para seis médicos mortos no ataqueIraque que um novo ataque de drones realizado pelos EUA atingiu um comboio de médicos. Pelo menos seus pessoas teriam morrido, segundo informaram as agências internacionais.

Segundo o comunicado das Forças Populares, ‘fontes iniciais confirmam que o ataque teve como alvo um comboio de médicos das Forças de Mobilização Popular perto do estádio Taji, em Bagdá.”

Os acontecimentos evidenciam o acirramento da situação altamente explosiva na região, onde a revolta popular contra a politica criminosa do imperialismo norte-americano – que já levou milhões à morte na região nas últimas décadas – tende a se intensificar diante do agravamento da crise histórica do capitalismo.

A mobilização revolucionária dos trabalhadores e da juventude de todos os países do Oriente Médio e de todo o Mundo, deve ser a resposta contra a ofensiva imperialista que visa preservar os interesses de um punha de abutres capitalistas diante do avanço da crise que evidencia o esgotamento do capitalismo em todo o mundo.

Todo apoio à mobilização dos povos do Iraque e do Irã.

Abaixo a agressão imperialista. Fora os EUA e todo o imperialismo do Oriente Médio!

 

 

Relacionadas