Todos a Curitiba
No aniversário do ex-presidente Lula, ocupar a capital paranaense e realizar um grande ato pela sua liberdade e pela anulação da das condenações fraudulentas da lava jato
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
An inflatable figure of Brazil's former president Luiz Inacio Lula da Silva is seen during a protest while he is serving a prison sentence in Sao Paulo, Brazil October 13, 2019.    REUTERS/Rahel Patrasso
Boneco gigante de Lula, no ato da Avenida Paulista |

O ato realizado na Avenida Paulista no último domingo mostrou , por um lado, uma enorme disposição de luta do ativismo dos Comitês e a a enorme simpatia que tem entre os militantes e trabalhadores de um modo geral a proposta de realizar um grande ato nacional em Curitiba, no próximo dia 27 de outubro, em Curitiba, pela liberdade de Lula já, pela anulação da lava jato. Por outro, o fato de que o ato tenha se realizado apenas em São Paulo e a pequena mobilização promovida pelos aparatos controlados pela esquerda, que tem centenas de cargos parlamentares, prefeituras, dirige milhares de sindicatos (mais de 500 deles em São Paulo), deixa evidente de que não há ainda, por parte da maioria das direções, uma ruptura com a politica de esperar pelo judiciário e fazer uma mobilização de baixo intensidade, apenas de aparência que, ademais, sirva como campanha eleitoral para futuras campanhas que são apresentadas por esses setores como a saída para a crise atual. Lula e o povo brasileiro, teriam que esperar por 2020, 2022 etc. não seria necessário uma ampla e combativa mobilização popular, neste momento.

Nada poderia ser mais falso. Não há qualquer possibilidade de vitória dos explorados contra o golpe, não ha qualquer chance real de que Lula seja colocado em liberdade e reestabelecido seus direitos políticos sem que haja uma mobilização de características revolucionárias, com os trabalhadores e a juventude e suas organizações de luta, colocando em ação a força da sua luta nas ruas.

Assim, o ato da Avenida Paulista desse domingo (13), com milhares de pessoas, mesmo com a sabotagem de setores dirigentes da esquerda, mostra que é preciso intensificar e muito a agitação e a propaganda em torno do ato do dia 27.

 

1 milhão de panfletos

 

Para impulsionar essa perspectiva, os Comitês de Luta contra o Golpe estão publicando um milhão de panfletos para serem distribuídos em todo o País, nas fábricas e outros locais de trabalho, nas estações de trem e metrô, nos terminais de ônibus, na entrada dos estádios de futebol, nos bairros operários, universidades e escolas etc.

Estão sendo produzidos também dezenas de milhares de cartazes (foto) e organizada uma ampla campanha para organizar caravanas de todo o País, lotar centenas de ônibus, com a colaboração de todos os que queiram ver Lula livre já! e o que não faltam são apoiadores de Lula.

Em todo País são inúmeros os sinais de que podemos ter no próximo dia 27 uma grande mobilização a favor da liberdade imediata do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, em Curitiba, no dia do seu aniversário e essa pode ser a oportunidade de dar um grande impulso à campanha pela libertação do ex-presidente, pela restituição dos seus direitos políticos, fazendo avançar também a luta pela derrubada do governo ilegítimo de Jair Bolsonaro pelo “Fora Bolsonaro e todos os golpistas”.

Cada dia fica mais evidente que nenhum medida decisiva em favor da liberdade de Lula virá da boa vontade e do reconhecimento dos direitos legais do ex-presidente por parte do judiciário golpista e de nenhuma instituição do regime golpista. Para uma expressiva parcela do ativismo das organizações ilações de luta dos explorados, dos comitês que levam adiante a mobilização com coleta de assinaturas, organização de atividades, fica claro que só com uma ampla mobilização, nas ruas, com os métodos próprios de luta da classe trabalhadora é que será possível derrotar a ofensiva contra Lula, contra a esquerda e contra os trabalhadores.

Vamos cobrar dos sindicalistas, dos deputados, vereadores, daqueles que ocupam cargos nos Executivos municipais e estaduais, eleitos com o apoio de Lula, apresentando-se como candidatos do ex-presidente. Realizar uma intensa campanha de apoio entre os explorados de todo o País.

É preciso deixar para trás todo tipo de vacilação e colocar em prática a proposta do PCO e dos Comitês de Luta contra o Golpe, aprovada na II Plenária Nacional Lula Livre, que reune dezenas de entidades, como partidos de esquerda (PT, PCdoB, PCO, PSOL), organizações sindicais (CUT, CTB), Popular (CMP, MST e outras), da juventude (UNE, UBES etc.) e de todos os setores dos explorados e de defesa dos direitos democráticos, de realizar uma grande ato no dia 27, aniversário de Lula, em Curitiba, ganha cada dia mais força, cresce na adesão.

É preciso intensificar a organização dessa mobilização. Ampliar a convocação, com uma intensa agitação, com centenas de ativistas nas ruas e locais de trabalho, estudo e moradia, realizando a convocação, recolhendo recursos para ocupar Curitiba dia 27.

Dia 27, vamos todos à Curitiba. Por Lula Livre Já! Pela Anulação de todas as condenações da Lava Jato. Por Fora Bolsonaro e todos os golpistas. Por novas eleições, livres e democráticas, com Lula candidato.

 

Programação do dia 27

Confira a programação aprovada pelos Comitês de Luta Contra o Golpe, com atividades desde as 9h da manhã:

9h00 da Manhã – Bom dia Presidente Lula!

10h00 – 12h00 – Shows Musicais

12h00 – 13h00 – Almoço

13h00 – Plenária dos Comitês

14h30 – Passeata até a Carceragem da Polícia Federal, onde Lula está preso

15h30 – Ato político com lideranças dos partidos e movimentos sociais

16h30 – Parabéns para Lula

19h00 – Boa noite presidente Lula

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas