“Nossa campanha está totalmente dedicada à luta contra o golpe”, diz candidato do PCO ao governo de MG à Band

alexandre2

Da redação – O companheiro Alexandre Flach, candidato ao governo de Minas Gerais pelo Partido da Causa Operária (PCO), foi entrevistado pelo jornal Band Minas no dia 23 de agosto. Durante a entrevista, ele falou, entre outros temas, sobre o caráter de uma candidatura por um partido operário e sobre a centralidade da campanha contra o golpe e pela Presidência de Lula.

“O PCO é um partido operário no qual todas as decisões e ações são fruto de uma decisão coletiva. Então, a nossa candidatura não é a ‘minha’ candidatura pessoal, é a candidatura do partido. E nós levamos muito a sério a questão partidária, contanto que estávamos fazendo agora, no inicio da semana, um Seminário e uma Conferência Nacional onde foram decididos os pontos básicos da nossa campanha eleitoral no Brasil inteiro. E, outra característica do PCO é ser um partido que olha a situação de uma forma muito concreta e muito realista. Então, a nossa campanha está totalmente dedicada, assim como a de todos os companheiros do PCO, à luta contra o golpe de Estado que estamos vivendo. Esse golpe que se iniciou com o impeachment da presidenta Dilma e que se aprofundou de maneira muito intensa com a prisão arbitrária do presidente Lula. O fato de o presidente Lula estar como candidato disparado como o mais querido e popular, e estar preso em situações juridicamente muito questionáveis, já demonstra a necessidade de que todas as campanhas estejam voltadas para esse problema. Nós acreditamos que não há muita possibilidade, não há espaço para muitas questões programáticas, detalhes, aqui e ali, se nós estamos vivendo uma situação geral onde a própria constituição não está valendo como deveria”,  declarou o companheiro Alexandre.

A entrevista completa, você vê aqui.