Com força e garra
A Bateria Zumbi dos Palmares surge como parte importante no movimento social, a partir do Partido da Causa Operária (PCO). É um ponto de aglutinação de massas onde estiver
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
81012090_2975257429152489_5336339845570625536_o
Bateria Zumbi dos Palmares no ato nacional pela liberdade de Lula, 2019 em Curitiba | Foto: por Partido da Causa Operária

Quem consegue ficar parado ao ouvir uma bateria tocar samba? Parece que o corpo começa a balançar sozinho com o envolvimento do batuque. A harmonia que é apresentada parece entrar em ressonância com o coração. São vários instrumentos que emitem sons diferentes e em perfeita sincronia. Parecem transmitir os pensamentos da mesma forma que as palavras fazem.

É uma forma de expressão que a partir do desenho criado pelos músicos transmite um estado de espírito. As inquietações, os desafios, as dúvidas que são apresentados pela vida no seu dia a dia e tocam a sensibilidade das pessoas, encontram um canal de expressão através dos sons emitidos nos instrumentos e na voz que canta.

O samba e o batuque tem suas origens na África e nas populações indígenas. Foram trazidas ao ocidente pelos negros, que foram arrancados de sua terra para se tornarem escravos em outras terras. São os responsáveis pelo acúmulo de riquezas dos brancos onde foram utilizadas como força de trabalho. Nem por isso foram ou são reconhecidos e incorporados à nova sociedade onde foram inseridos.

Além do trabalho trouxeram também sua cultura, e dentro dela o som dos tambores que encantaram e encantam até hoje. São usados em quase todas manifestações musicais, bandas, orquestras, etc. Ajudam muito a marcar o compasso, fazem belíssimos floreados além de dar vida à música.

A Bateria Popular Zumbi dos Palmares surge como parte importante no movimento social, a partir do Partido da Causa Operária (PCO). É um ponto de aglutinação de massas onde estiver, dá uma cara mais alegre às manifestações e permite revezamento com os oradores. Acompanha a maioria dos atos promovidos pelo partido, dando força e garra na luta revolucionária.

Aos que não resistem à tentação de pegar um instrumento e entrar no batuque, saibam que não é necessário que saibam tocar ou tenham conhecimento prévio de música. Basta ter vontade de aprender e se juntar aos batuqueiros. As técnicas, dicas e orientações serão transmitidas e treinadas.

Os instrumentos são vários, tem surdos, caixas, tamborim, repinique, chocalhos e etc. As pessoas poderão testar em quais terão melhor habilidade para aprender. E também não precisa ser militante do partido para fazer parte, a única exigência é que não sejam fascistas e direitistas.

A maioria dos integrantes iniciaram sem conhecimento ou experiência anterior, e modéstia a parte, a bateria não tem feito feio onde passa não, pelo contrário. Já participou das caravanas para Curitiba, das manifestações do Passe Livre, dos inúmeros atos pelo “Fora Bolsonaro” na av. Paulista, Praça Roosevelt. Então, vai ter coragem de não fazer parte de um movimento musical revolucionário junto a esta grande bateria Zumbi dos Palmares?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas