Atos crescem. O dia 13 vem ai!
As manifestações que ocorrem em todo país no último domingo (7) demonstraram a enorme radicalização política. Uma grande preparação para o ato nacional do Fora Bolsonaro.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
WhatsApp-Image-2020-06-07-at-15.20.14-2
Ato na Avenida Paulista. | Arquivo DCO

O próximo sábado (13/6) será um dia nacional de manifestações pelo “Fora Bolsonaro”. Aprovado pela Frente Brasil Popular, a manifestação acontecerá em todas as capitais do país, e o Partido da Causa Operária, impulsionador dessa campanha na Frente, já participou de um esquenta para a mobilização, ajudando a convocar os atos realizados no último domingo (7/6).

Após o estopim com a ação da “Democracia Corintiana” no dia 17 de maio, em resposta ao ato bolsonarista convocado para a Avenida Paulista, os domingos tornaram-se um importante dia com atos em dezenas de cidades por todo país, sobretudo com a participação das torcidas organizadas, grupos antifascistas e comunidades.

 

Ato em Florianópolis.

Além disso, Maceió, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília e inúmeras outras cidades registraram atos. O destaque no entanto, deu-se novamente na cidade de São Paulo, onde duas manifestações ocorreram em paralelo, levando milhares de pessoas às ruas.

Liderado por Guilherme Boulos, um setor da esquerda pequeno-burguesa, decidiu, após decisão judicial, fazer o jogo da burguesia e não convocar o ato para a Avenida Paulista, o local tradicional de manifestações populares da capital paulista. No lugar, o Largo da Batata, tipicamente utilizado para as manobras antimobilização das direções de esquerda, tornou-se o local de encontro de muitos manifestantes.

Contudo, o Partido da Causa Operária decidiu, mesmo assim, convocar o ato para o verdeiro palco das manifestações populares, a Avenida Paulista. Com isso, o ato bolsonarista chamado para o mesmo local saiu derrotado. Os manifestantes, chamados pelo PCO, causaram enorme repercussão em toda imprensa, até mesmo na burguesa, demonstrando a ação certeira e de grande impacto.

É com estes “pré-atos”, que o dia 13 é preparado. Milhares de pessoas são esperadas em todo o território nacional, para retomar as ruas pelo “Fora Bolsonaro”. O momento é de intensa radicalização, e a mobilização popular multiplica-se a cada semana.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas