Interiorização da pandemia
Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde divulgados nesta quarta-feira (17), sete em cada dez novos casos de Coronavírus no estado do Paraná são de cidades do interior.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
mascara_coronavirus_001 (1)
Número de casos no interior do Paraná tem grande alta no mês de junho. | Foto: Reprodução

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgados nesta quarta-feira (17), sete em cada dez novos casos de Coronavírus no estado do Paraná são de cidades do interior. No mês de abril, cinco em cada dez casos registrados estavam na capital Curitiba e Região Metropolitana. O fenômeno representa aquilo que é chamado de “interiorização do coronavírus”. Nesta quarta, segundo dados oficiais da Sesa, o Paraná registra 11.085 casos confirmados e 386 mortes pela doença.

Ao analisar dados municipais de cidades do interior a situação fica ainda mais clara. A cidade de  Londrina, localizada no norte do estado, teve seu primeiro caso confirmado em 18 de março. Após 74 dias, o número era de 413, e agora, somente em junho, já foram registrados 480 novos casos, o número mais que dobrou em apenas 16 dias. Outro caso semelhante é o de Maringá, também no norte do estado, em que nos últimos 14 dias foram registrados 530 novos casos, um aumento de 134%.

Enquanto isso, a retomada econômica nessas cidades é praticamente completa, com comércios, shoppings, bares, restaurantes e indústrias abertas, além de problemas com transportes públicos lotados em meio a um aumento tão significativo de casos, os trabalhadores estão cada vez mais expostos ao vírus.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas