Pagando para ver
Governo do Pará esperou o colapso do sistema de saúde para então decretar fechamento do comércio. Os mortos triplicam em uma semana.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
morte para
Mulher chegando ao hospital em Belém. Foto: Raimundo Paccó |

Da Redação – O número de mortes no Pará triplicou na ultima semana, colocando o Estado entre os que apresentam a maior velocidade de disseminação do Coronavírus, com mortes acima da média nacional. Nesta sexta-feira, 1º de maio, foram 235 mortes, enquanto na sexta passada eram 83, e o secretário de saúde já anunciava, então, o colapso do sistema de saúde e funerário.

No dia 30, o município havia divulgado que todos os leitos de UTI , assim como os 1.118 de enfermaria e os 90 leitos de observação estavam ocupados, sendo que 95 por cento dos pacientes ou eram doentes de Covid ou de casos aguardando confirmação. Foi somente no dia 27 de abril que a prefeitura determinou o fechamento do comércio não essencial.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas