Fim da polícia burguesa
Jovem foi brutalmente assassinado pela polícia e a população se revoltou somando-se aos EUA
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
images (5) (1)
População revoltada ataca o Palácio e a polícia | Foto: Ulises Ruiz

Nesta quinta-feira (4), 1.000 pessoas protestaram do lado de fora do Palácio do Governo de Guadalajara, no estado mexicano de Jalisco, exigindo justiça após a morte de Alejandro Giovanni López (30) há um mês depois de ser brutalmente espancado pela polícia fascista durante sua detenção.

Com a palavra de ordem, “Giovanni, ele não morreu, o Estado o matou”, milhares de jovens protestaram contra a morte do homem no município de lxtlahuacán de los Membrillos.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas