No dia 30 de maio e no dia 14 de junho, estudantes e professores devem sair às ruas pelo “Fora Bolsonaro”
fora
No dia 30 de maio e no dia 14 de junho, estudantes e professores devem sair às ruas pelo “Fora Bolsonaro”
fora

As manifestações do último dia 15 de maio evidenciaram o total repúdio dos setores da juventude, estudantes das escolas públicas, universidades, além dos professores de todo o país e dos trabalhadores da educação contra o governo golpista de Jair Bolsonaro. Muito mais do que uma luta por reivindicações parciais, como a “luta contra os cortes de verbas na educação”, as manifestações se colocaram claramente contra o governo ilegítimo de extrema-direita e toda a sua política de devastação, não apenas da educação, mas de todo os direitos do povo, de extermínio da juventude pobre e negra nas periferias, de privatização das universidades e escolas públicas, etc.

O caráter político dos atos ficou manifesto na palavra de ordem de “Fora Bolsonaro”, gritada bem alto em todos os cantos do país. Ao contrário das direções de esquerda que buscam adotar uma política puramente reformista para atual situação política, a população e os trabalhadores indicaram na prática que o caminho é levar a uma derrota definitiva não só do governo golpista de Bolsonaro, mas do próprio golpe de estado.

É necessário não apenas impedir os “cortes”, mas acabar com o regime político golpista de conjunto, este é o único caminho que pode levar a uma verdadeira vitória dos trabalhadores, da juventude e de todos os setores populares.

No próximo dia 30 de maio, quando estão convocadas novas manifestações contra o governo, pelas organizações estudantis como a UNE, e no dia 14 de junho quando será realizada a greve geral de toda classe trabalhadora, esta perspectiva política deve ser ainda mais impulsionada. É necessário que os estudantes, professores e toda a população saiam às ruas tendo como eixo o “Fora Bolsonaro e todos os golpistas”. É preciso pôr abaixo o governo, exigir novas eleições com a participação do ex-presidente Lula no pleito.