Nicarágua: 1º de maio reúne multidão em apoio a Ortega contra o golpe

a5b07190835de78e2ff9f553998914ce

Neste primeiro de maio, dia do trabalhador, centenas de milhares de simpatizantes da Frente Sandinista se reuniram na Plaza de las Victorias com o Presidente Daniel Ortega, que se comprometeu a defender a paz e a estabilidade na Nicarágua sob qualquer circunstância. Caravanas de ônibus, automóveis e motocicletas passaram pelas principais ruas de Manágua em direção à icônica Praça, onde já se encontravam centenas de pessoas.

Bandeiras vermelho e negras da Frente Sandinista de Liberación Nacional (FSLN) e o pavilhão nacional sobressaíam na paisagem da capital, enquanto na zona de concentração se escutava música popular tradicional nicaraguense.

Enquanto isso, efetivos da Polícia Nacional regulavam o trânsito para que a passagem das caravanas não encontrasse obstáculos.

‘Por la paz y el diálogo, todos con Daniel’, foi o slogan que se destacou na concentração dirigida àqueles que aprovam a estabilidade no país e repudiam os atos violentos de vandalismo registrados nos últimos dias, que provocaram mortes, lesões e ainda não quantificados prejuízos econômicos.

Os nicaraguenses ratificaram nesta terça-feira seu compromisso com a paz no país, ao evocar o legado do comandante Tomás Borge, fundador da FSLN, no sexto aniversário de sua morte. Entre flores e um ato cultural, os que renderam tributo à Revolução sandinista reafirmaram seu desejo de trabalhar pelo progresso e bem-estar das famílias nicaraguenses. No mesmo sentido também se pronunciaram deputados da Assembleia Nacional, que recordaram o desejo do povo de viver com tranquilidade.

(com informação da Rádio La Primerísima e Imprensa Latina)