Na hora H, Neymar é o cara
Para os dirigentes do Barcelona, o futebol de Neymar é tão valorizado que ele é um fator de peso para decidir quem vai presidir um dos maiores clubes do planeta
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Ney 10 (1)
Fora Messi que é do Barça, presidenciáveis sequer citam Lewandowski e CR 7, querem Neymar | preparadopravaler.com.br

Neymar o “cai cai”, o mimado, o menino chorão ou o melhor do mundo?

O que de fato Neymar é? A depender dos destruidores do futebol nacional, a direita, os órgãos de imprensa capitalistas, a esquerda pequeno burguesa, os três primeiros adjetivos. A depender dos presidenciáveis do Barcelona o último.

Neymar mais uma vez é o principal nome da janela de transferências do futebol europeu. Seu contrato com o Paris Saint-Germain expira em 2022 e seu nome é o pendulo da balança que pode eleger Jordi Farré ou Emili Rousaud, os principais candidatos a presidente de um dos clubes mais ricos do mundo, o Barcelona. O pleito do clube catalão ocorre no próximo dia 24 e todos os candidatos asseguram que irão trazer Neymar de volta para o clube que o brasileiro defendeu e conquistou muitos títulos entre 2013 a 2017. Mesmo com detratores no futebol nacional e internacional, os presidenciáveis do time dos Culés, sabem o que é Neymar e que o seu futebol arrebata, só como exemplo mais de 143 milhões de seguidores no Instagram, quatro vezes mais do que o próprio PSG e fazem dele a décima personalidade mais seguida no mundo na rede social.

Segundo Jordi Farré, “Contratar um jogador desse calibre não é uma despesa, é o melhor investimento do mundo”, e ele como capitalista não esconde: “O retorno de Neymar seria pouco caro, porque ele faz com que se vendam camisas, direitos, publicidade, patrocinadores…”, mostrando que para àqueles que detém o poder econômico dos principais clubes de futebol do mundo, Neymar, ao contrário dos que querem condenar e criticar Neymar, como um péssimo exemplo para o futebol nacional (para estes o futebol deveria voltar a ser àquele belo futebol amador dos idos dos anos 10 e 20 do século passado, onde só a elite branca bem cheirosa do país tinha vez e espaço nos principais clubes do país).

Já em clima eleitoral e, na última quinta-feira, mais um candidato se apresentou para a disputa do pleito, Emili Rousaud, e demonstrando através de sua fala que Neymar é esperado pela grande torcida do Barça, emendou, para não perder pontos na corrida presidencial: “Vamos contratar dois jogadores de ponta, um deles é o Neymar. Estamos trabalhando para trazê-lo de volta ao Barcelona. Isso ocorrerá se ele retirar as questões jurídicas que tem contra o clube”, afirmou, se referindo a processos jurídicos de Neymar contra o clube.

Há menos de um mês Neymar figurava na lista dos 11 candidatos ao título de melhor do Mundo, no entanto, pela política dos grandes capitalistas europeus do esporte e seus empregados nos cargos diretivos da FIFA ele sequer ao “top 3”, que apresentou Messi, Cristiano Ronaldo e Robert Lewandowski e elegeu o último como melhor do mundo na temporada 2019-20. No entanto, na prática, quando a bola rola, quando se trata de se desvencilhar dos duros marcadores europeus e encontrar o caminho mais certo para o gol, os presidenciáveis do Barcelona não anunciaram o interesse em CR7 ou no polonês  Lewandowski, mas sim em Neymar.

Quem é mesmo o melhor do mundo?

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas