Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Antonio Carlos em Curitiba
|

Da redação – A esquerda pequeno-burguesa tem atuado em conjunto com a extrema-direita em manifestações que, segundo eles, seriam apartidárias, a fim de suprimir o direito das organizações de esquerda de utilizarem seus materiais, bandeiras, cartazes e faixas. Foi assim nos atos de junho de 2013, quando a direita se infiltrou para desmontar a manifestação popular e transformá-la em coxinhato.

Naquela ocasião, a esquerda pequeno-burguesa se amedrontou e capitulou diante das ameaças dos fascistas para que abaixassem suas bandeiras. O PCO também foi atacado, mas, tendo consciência que não se pode recuar da direita, enfrentou os ataques e não abaixou suas bandeiras. O companheiro Antônio Carlos Silva, da direção nacional do Partido, esteve na linha de frente dos enfrentamentos. “Nem a ditadura fez eu abaixar minha bandeira”, respondeu, diante da tentativa de intimidação de brucutus fascistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas