Nazistas ucranianos atacam embaixada da Rússia em Kiev e consulados em outras cidades

russian-embassy-in-kiev-issues-note-of-protest-over-damage-to-diplomats-property

Da redação – A embaixada da Rússia em Kiev, capital da Ucrânia, e os consulados em Kharkov e Lviv foram atacados por nazistas na madrugada de domingo para esta segunda (26).

Segundo a agência de notícias russa TASS, os elementos de extrema-direita lançaram fogos e ovos na fachada dos prédios diplomáticos da Rússia.

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, protestou contra os ataques.

“Esses nacionalistas radicais e neonazistas que tomam conta do cenário na Ucrânia, e cujo ataque impune com rojões em frente à embaixada russa em Kiev é prova” do controle dos nazistas sobre a Ucrânia, disse o diplomata.

O ataque se insere na escalada de tensões entre os dois países desde ontem, quando três navios de guerra ucranianos que passavam entre a Crimeia e a Rússia continental foram capturados pelos russos, com a alegação de que não haviam informado sobre a passagem e, portanto, não tinham a permissão de navegarem nas águas russas.

Devido a isso, o governo ucraniano declarou lei marcial, o que deverá ser ratificado pelo parlamento hoje.

Os EUA enviaram um avião que sobrevoou o Mar Negro na madrugada de hoje, o que deixou os ânimos ainda mais acirrados. Diversos países europeus expressaram sua preocupação com a escalada no conflito.

A Rússia, por sua vez, convocou uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança das Nações Unidas para abordar a situação.