Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Pugilista norte-americano, nascido em 17/1/1942, primeiro boxeador a conquistar três vezes o título mundial dos pesos pesados. Cassius Marcellus Clay – adota o nome de Muhammad Ali ao se converter ao islamismo – nasce em Louisville, Kentucky.

Começa a carreira aos 12 anos e vence a União Atlética Amadora na categoria meio-pesado em 1960. Torna-se profissional e chega ao título mundial dos pesados em 1964. No mesmo ano, converte-se ao islamismo e muda de nome. Em 1967 derrota Ernie Terrel, campeão da Associação Mundial de Boxe.

No  ano de 1967. No auge da Guerra Fria, um pequeno país asiático passava a ser o centro das atenções, o Vietnã. Para os americanos, servir ao US Army é uma questão de honra e patriotismo. Não para Muhamaad Ali, que se preocupava com os direitos humanos, em um mundo que pregava o amor livre, o feminismo e o fim da segregação racial.

Ali foi convocado para a guerra e foi a primeira figura notória dos EUA a se posicionar contra o conflito, dizendo:

“Eu sei onde quero chegar e sei a verdade. Não tenho que ser o que querem que eu seja, sou livre para ser o que eu quero”, falou em seu discurso de renuncia . Mas, essa rebeldia lhe custou a perda do título mundial de 1964 e mais cinco anos de punição sem poder lutar.

Em 1971, autorizado a voltar aos ringues, enfrenta o campeão Joe Frazier, mas perde por pontos. Vence um novo combate contra Frazier, três anos depois, e conquista o direito de enfrentar o então campeão George Foreman. No dia 30 de outubro de 1974 nocauteia Foreman no oitavo assalto e torna-se outra vez campeão.

Perde o título pela segunda vez, para Leon Spinks, em fevereiro de 1978 e o recupera sete meses depois, estabelecendo seu recorde. Em 1979 anuncia o afastamento do boxe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas