Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Depois do julgamento realizado pelo Tribunal Regional Federal 4 (TRF-4) que, unanimemente considerou Lula culpado, a direita deu inicio à uma campanha ainda mais intensa a favor da prisão do ex-presidente Lula. Os mesmos juízes que consideraram Lula culpado no caso em que o ex-presidente é acusado de receber favores da OAS através de reformas em um triplex, agora marcaram a data para julgar os embargos apresentados pela defesa. Na verdade, os juízes adiantaram a data em dois dias passando do dia 28 para o dia 26 de março, deixando claro a pressa que os golpistas têm para retirar Lula do cenário político.

Lula vem sofrendo uma brutal perseguição por parte da burguesia e do imperialismo, que utilizam o monopólio da imprensa, o sistema judiciário e vários outros mecanismos para atacar o ex-presidente e tentar colocá-lo na prisão o mais breve possível. Nesse sentindo, é cada vez mais necessário que as organizações de esquerda e os movimentos populares de maneira geral tomem as ruas numa ampla campanha contra a prisão do ex-presidente que seja capaz de derrotar a ofensiva golpista e impedir o aprofundamento do golpe. A prisão de Lula significaria uma imensa derrota para a população brasileira e abriria espaço para uma perseguição política generalizada que colocaria em risco todas as organizações que resistem e lutam contra o golpe.

A exemplo do que aconteceu com outros dirigentes do Partido dos Trabalhadores, como José Dirceu, caso Lula seja realmente preso como tudo até agora tem indicado, o ex-presidente ficaria preso em péssimas condições , além de ficar totalmente refém dos agentes da repressão do Estado que representam os interesses da burguesia. Diferente do que foi feito no caso José Dirceu e outros condenados do PT, é preciso uma ampla campanha de denúncia contra a perseguição política. É preciso ir às ruas, levar adiante uma campanha dura contra os golpista e contra prisão de Lula, pois nesse momento ele representa um forte elemento de polarização no cenário político nacional capaz de mobilizar amplamente a população contra a ofensiva golpista.

Para tanto, é necessário que as organizações de esquerda, os militantes e todos aqueles que querem lutar contra o golpe se engajem imediatamente na campanha contra prisão de Lula para que seja possível organizar uma resistência eficaz contra mais esse aprofundamento do golpe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas