HAMBURGUER CE1920
SHARE

Cria corvos que te arrancarão os olhos

Lançamento de livro

Não perca lançamento do livro de Rui Pimenta com debate especial

Em co-autoria com João Caproni Pimenta, Rui Costa Pimenta lança livro sobre a situação atual de censura da internet

Rui Costa Pimenta, presidente Nacional do PCO – Foto: Reprodução

Publicidade

Redação do DCO

Ricardo Lusíadas

Nesta sexta-feira, 23 de abril, ocorrerá o grande lançamento do novo formato da imprensa do Partido da Causa Operária. Criado e editado pelos próprios militantes do PCO, a COTV (Causa Operária TV) vai passar por uma reformulação radical. A mudança teve como base a pesquisa realizada por João Jorge Pimenta e Rui Costa Pimenta, e que foi organizada no no livro “A era da Censura das massas – Como os capitalistas da tecnologia tentam fazer a história andar para trás e reviver políticos e jornais falidos. Acompanhando as mudanças das COTV, o Diário Causa Operária também terá uma reformulação, cujo projeto pretende criar cerca de 20 blogs, planejamento para criação de 100 matérias diárias e um novo layout na página.

Essas mudanças serão melhor detalhadas na sexta-feira, 23, quando João Caproni Pimenta e Rui Costa Pimenta lançarão o livro “A era da censura das massas” no debate “ A censura nas redes e a luta dos trabalhadores”, com a presença dos jornalistas Leandro Fortes, criador da agência Cobra Criada e jornalista do Diário do Centro do Mundo(DCM), Esmael Morais, do Blog do Esmael, Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania e Rui Costa Pimenta, jornalista, presidente nacional do PCO e editor do Jornal Causa Operária, o jornal mais antigo em circulação da esquerda, com 42 anos. O evento ocorrerá no Centro Cultural Benjamin Peret, na rua Serranos, 90, Vila do Bosque, São Paulo (SP), com transmissão ao vivo da COTV, às 14h.

Os jornalistas que participarão do debate vêm fazendo um importante trabalho de análise política e jornalística no atual momento da imprensa no Brasil, uma imprensa monopolista, dominada pela burguesia nacional e internacional, que manipula as informações e acontecimentos de acordo com seus interesses e sempre contra os trabalhadores.

Com o crescimento desses sites, jornais impressos e blogs independentes, os capitalistas monopolistas do setor começaram a censurar esses canais e jornais em todas as plataformas digitais, alegando combate a desinformação e notícias falsas, mas os tradicionais e corriqueiros difusores de mentiras e calúnias são justamente a imprensa burguesa. Na verdade querem calar qualquer tipo de imprensa democrática e procuram dessa forma censurar a internet e as redes sociais.

O livro dos companheiros Rui Costa Pimenta e João Caproni Pimenta traçará um perfil dessa imprensa monopolista que sempre procurou censurar as massas, mesmo agora em plena era digital, a qual permitiu ‘furar’ a bolha dos meios de comunicação, usando a liberdade de expressão para contestar ou concordar com o que quiser. Mas os grandes capitalistas querem limitar a liberdade de expressão para adequá-la aos seus interesses financeiros e políticos, usando como base a ideia de limite dessa liberdade e o combate à mentira na comunicação, um projeto de censura que se estende ao facebook, Instagran , Youtube e demais plataformas digitais.

Todo esse debate é de fundamental importância para que a imprensa democrática, sempre perseguida e censurada no país, se fortaleça e propague as ideias e políticas favoráveis ao desenvolvimento social, politico e educacional do povo.

A imprensa operária, marxista, no caso do PCO, e a imprensa progressista, DCM, Brasil 247, Nova Democracia etc, vêm sofrendo seguidos ataques de hackers, um crime virtual para silenciar suas ideias e a luta contra a direita.

Após o debate sobre a censura nas redes os companheiros da Secretaria Nacional de Agitação e Propaganda detalharão como funcionará essa nova fase da imprensa operária do partido.

Acompanhe o debate e lançamento do livro“A era da Censura das massas – Como os capitalistas da tecnologia tentam fazer a história andar para trás e reviver políticos e jornais falidos“, editado pela imprensa operária, nesta sexta-feira, 23, no CCBP-SP, às 14h, com transmissão ao vivo pelo canal da COTV no youtube e no site do PCO.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.