Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brasília - O presidente Michel Temer participa da solenidade de posse do novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, e da vice-presidente do tribunal a ministra Rosa Weber, no TSE (Beto Barata/PR)
|

Apesar das ilusões eleitorais e democráticas da esquerda, de que o voto é a única solução para a situação de repressão e esmagamento dos direitos da população imposta pela direita, os golpistas se articulam para impedir a participação popular, ou seja aprofundar ainda mais o golpe de estado que foi dado há dois anos atrás contra a presidenta Dilma, eleita pela maioria da população.

A cassação totalmente arbitrária do direita à candidatura da principal liderança popular do país, o ex-presidente Lula, a sua prisão, também ilegal, sem provas, a tentativa dos golpistas de calar a esquerda, impedindo que seus partidos façam campanha, prendendo e usando da força contra aquelas pessoas que se manifestam contra o golpe e em defesa de Lula, como foi o caso da coordenadora do Acampamento Marisa Letícia em Curitiba e de outras pessoas, ativistas e militantes que foram duramente reprimidos enquanto se manifestavam, ou seja, tais fatos demonstram que as eleições são uma completa farsa.

O golpe tem intensificado a polarização política no país. As medidas nefastas dos golpistas têm feito com que uma parcela expressiva do povo se desloque à esquerda, o imenso apoio a Lula é uma prova concreta desse fato. Tendo consciência disso, os golpistas agem para intensificar a arbitrariedade no país, a ditadura contra o povo. As medidas do TSE, por exemplo, impedindo Lula de se candidatar, até mesmo de aparecer nos programas eleitorais do seu partido, evidenciam a ditadura que está sendo imposta. Os generais golpistas já vieram a público, novamente, ameaçar o povo com um golpe militar, diante dos crescimento do apoio a Lula.

Nesse sentido, apostar todas as fichas no caminho das eleições é fazer o jogo da direita, é dançar conforme a música dos golpistas, é se submeter ao golpe, à fraude. A única maneira de impor uma derrota aos golpistas é por meio da mobilização popular, da luta contra o golpe contra a direita. Em defesa da candidatura do ex-presidente Lula, de sua liberdade.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas