Análise Política
Respondendo a uma pergunta do chat do YouTube, Rui Costa Pimenta comentou a tese de que o povo brasileiro seria muito paralisado diante dos ataques da direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
rui analise
Rui Costa Pimenta, presidente do PCO. Foto: Diário da Causa Operária |

Da redação – Rui Costa Pimenta, presidente do PCO, participa agora demais uma Análise Política, ao vivo. O programa vai ao ar todas as terças-feira, às 16h, e é transmitido pela TV247, com retransmissão pela Causa operária TV, no YouTube. Respondendo a uma pergunta do chat do YouTube, Rui Costa Pimenta comentou a tese de que o povo brasileiro seria muito paralisado e não reagiria aos ataques da direita.

Primeiro, Rui rejeitou a tese dizendo que “há uma tendência à mobilização” forte no Brasil. “Não é verdade que o brasileiro não reage. É um povo extraordinariamente combativo”, e lembrou o fato de que na história do Brasil há uma série de revoltas históricas, o que contraria essa tese. E continuou:

Pra gente entender bem, o Brasil foi o país que nessa onda nacionalista teve um presidente diretamente saído do movimento operário, que foi o Lula. Isso mostra o nível de radicalização que tem no Brasil. Mas o Brasil é um país complexo, não é por exemplo como o Equador, é muito maior que o Equador. Os fenômenos se desenvolvem com uma certa lentidão. Você precisa de um maior acúmulo de forças para ter uma mobilização no estilo do Equador. Mas não é verdade que o povo brasileiro não reage. Há uma propensão a subestimar a capacidade de luta do povo brasileiro. É um dos povos que mais teve lutas revolucionárias no mundo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas