Siga o DCO nas redes sociais

Não à participação do Brasil no boicote contra o Irã!
32480862867_09f9314c33_o
32480862867_09f9314c33_o

O sítio direitista O Antagonista publicou  matéria no dia 21 de julho deste ano que trouxe uma nova declaração do presidente fascista Jair Bolsonaro. De acordo com o sítio, neste mesmo dia Bolsonaro teria comentado a situação dos navios iranianos que não foram abastecidos pela Petrobras no porto de Paranaguá, no Paraná. Ele afirmou que “sobre esse assunto específico, não [conversou com Trump]. Mas tem certas coisas que não precisa conversar. Estamos alinhados à política deles. Então, sabemos o que temos que fazer”.

É mais uma declaração escandalosa que demonstra a completa subserviência do atual presidente ilegítimo do Brasil ao imperialismo norte-americano.  O alinhamento é tamanho que Trump sequer precisa conversar com Bolsonaro sobre a questão do Irã. É como um adestrador de cães experiente, que com a sua simples presença faz com que um cachorro treinado sente, deite e role.

Essa declaração de Bolsonaro acontece em meio à escalada das tensões entre os Estados Unidos e o Irã. O serviço de inteligência do Irã anunciou ontem, dia 22, que 17 espiões iranianos que trabalhavam à serviço da CIA foram presos.

O golpe de Estado no Brasil, que desembocou no governo fraudulento de Jair Bolsonaro, tem exatamente este objetivo. Fazer com que o Brasil seja ainda mais submisso aos norte-americanos e escravizar completamente o povo brasileiro. A esquerda brasileira deve fazer uma ampla campanha contra os ataques do imperialismo dos Estados Unidos aos países atrasados como o Irã e a Venezuela. Não à participação do Brasil ao boicote imperialista ao Irã!