Menu da Rede

O governo Biden e o avanço imperialista contra os povos oprimidos

Pesquisa eleitoral não impedirá agressões fascistas: é preciso organizar a autodefesa

Recentemente, a sessão escatológica do STF adiou, alguns dias, a prisão do ex-presidente Lula. Embora alguns setores da imprensa tenham demonstrado grande empolgação com o fato de o STF adiar o julgamento do pedido de habeas corpus da defesa de Lula, o fato é que nenhum ministro sinalizou qualquer intenção em absolver o ex-presidente: o que houve foi um mero adiamento para que os golpistas criem as condições ideais da prisão do maior líder popular do país.

Embora a sessão não signifique nenhum apoio dos ministros golpistas do STF a Lula, muitos setores da direita não ficaram satisfeitos com a decisão do STF. A prisão de Lula é uma necessidade urgente para os golpistas: precisa acontecer já. Por isso, muitos setores da direita não pretendem aguardar que as perseguições às lideranças políticas e populares ocorram dentro da chamada “legalidade”: a ação clandestina, ilegal, por fora das instituições, também é uma “carta na manga” dos golpistas.

A reação da população ao golpe – que é o que torna Lula uma pessoa extremamente perigosa para o regime golpista – já foi reprimida, várias vezes, com o ações fascistas. Os massacres no campo, por parte dos capangas dos latifundiários, bem como os massacres nos morros, por parte da Polícia Militar, são um bom exemplo disso. Diante da crise em que se encontra o regime golpista – uma crise que é, em grande parte, causada pela falta de candidato para concorrer com Lula em 2018 -, a extrema-direita tende a ser cada vez mais impulsionada.

A caravana de Lula pelo Sul do país já presenciou uma série de episódios que dão prova do que a extrema-direita está preparando para um futuro breve. Milícias armadas acompanharam toda a caravana e ameaçaram a vida da presidenta eleita Dilma Rousseff e do próprio ex-presidente Lula. No senado, a golpista Ana Amélia mostrou todo apoio aos fascistas que atentaram contra os petistas.

As ações da extrema-direita no Sul do país demonstram que o golpe de Estado não poderá ser desmontado simplesmente com o resultado de uma eleição. O resultado das pesquisas para intenção de voto de Lula pode ser o mais favorável possível: nada disso será suficiente, pois a disputa não pode se dar apenas nas instituições da burguesia. É necessário impedir, na rua, através da mobilização popular, que a pisão de Lula seja consumada e que a extrema-direita cresça.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.