Siga o DCO nas redes sociais

Na mesma linha dos banqueiros, Rollemberg golpista rejeita assinar acordo com os bancários do BRB
Na mesma linha dos banqueiros, Rollemberg golpista rejeita assinar acordo com os bancários do BRB

Em negociações em mesa específica com os banqueiros do Banco Regional de Brasília (BRB), os representantes do governador golpista da Capital Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), seguem a mesma linha de ataques da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), não assinando o pré-acordo que garante a extensão do acordo 2016/2018, até que um novo acordo seja assinado, com base na “nova” lei trabalhista, do também, golpista Temer.

O governador golpista de Brasília, Rodrigo Rollemberg, com a política entreguista do patrimônio da população, vem sistematicamente aumentando a política de ataques aos trabalhadores das empresas estatais. Há uma política deliberada de autoritarismo fascista para impor uma política de aprofundamento dos ataques e eliminar as conquistas da categoria bancária. Os governos de direita, com o golpe, vêm se sentindo cada vez mais à vontade para implantar tal política.

O ataque mais recente do golpista Rollemberg foi a não assinatura do pré-acordo que garante a prorrogação do acordo 2016/2018 até que um novo acordo seja assinado. Tal atitude visa aumentar a pressão contra os trabalhadores nas negociações na campanha salarial, suspendendo as garantias conquistadas em campanhas salariais anteriores, tais como: adicional noturno, férias, horas-extras, auxílio-creche, cesta alimentação, etc.

Leia Também  Congelamento do salário dos servidores: às ruas, Fora Bolsonaro!

Para se opor à ofensiva e para defender os interesses da classe trabalhadora e do conjunto dos explorados do DF e em todo o País, é necessário lutar contra o regime golpista de conjunto. É preciso chamar todas as organizações operárias, populares, democráticas a constituírem um movimento amplo na luta contra o golpe e todas as medidas, fruto do processo golpista em curso no país.

 



Share via
Copy link