Na França, direita teme que manifestações no sábado seja ainda maior: Imperialismo promete repressão

5c1278d698e42.image

Da redação – O porta-voz do governo neoliberal de Emmanuel Macron, Benjamin Griveaux diz que está preocupado com as manifestações de sábado. Declarou que as “forças da ordem” estão muito cansadas com o atentado em Estrasburgo, e que seria melhor que todos voltassem para as casas no último final de semana antes das “festas de fim de ano”.

Isso revela um medo gigantesco da burguesia francesa. Uma 5ª edição das gigantescas manifestações do sábado deixará o governo Macron ainda mais instável. Isso se vê com a mobilização das organizações de classe trabalhadora nesta sexta-feira, em que a central sindical do país, CGT, mobilizou os trabalhadores de energia para realizar greve.

A burguesia está temendo e por isso estão prometendo muita repressão caso as manifestações ocorram, e tudo indica que vão ocorrer. Griveaux prometeu milhares de policiais e blindados preparados para os “momentos difíceis”.