Siga o DCO nas redes sociais

Lula Livre é a questão chave
Os mutirões de Minas comprovam: todas as lutas precisam de Lula Livre!
Não há luta popular que não tenha a liberdade de Lula como questão chave para a vitória
liberdadelula
Lula Livre é a questão chave
Os mutirões de Minas comprovam: todas as lutas precisam de Lula Livre!
Não há luta popular que não tenha a liberdade de Lula como questão chave para a vitória
Campanha pela Liberdade de Lula (imagem: DCO)
liberdadelula
Campanha pela Liberdade de Lula (imagem: DCO)

Minas segue na luta pela liberdade de Lula, realizando mutirões para coleta de assinaturas pela anulação dos processos do ex-presidente nas principais cidades mineiras, junto às mais diversas lutas populares.

Em Contagem, o mutirão foi realizado em manifestação próximo à lagoa da Vargem das Flores, com a presença de associações de moradores, do Sindicato da Educação e de companheiros do PCO de Contagem.

A lagoa Vargem das Flores é uma das mais importantes reservas hídricas de Belo Horizonte e região metropolitana, e está na mira da especulação imobiliária, que visa urbanizar a região, com grave impacto sobre este fundamental recurso da população da Grande BH, colocando em risco o abastecimento de água, que já se encontra em situação crítica.

Em Uberlândia, o mutirão foi realizado na Parada LGBT, com grande aceitação da luta pela liberdade de Lula.

Os mutirões realizados em atos relacionados às mais diversas lutas populares, sempre com intensa adesão, demostra que o povo sabe muito bem que a liberdade do ex-presidente é questão chave para o avanço de todas as pautas setoriais nas quais o povo se mobiliza.

Não há questão, pauta ou luta popular que não dependa diretamente da libertação do ex-presidente, como o meio mais eficaz de colocar imediatamente um freio na onda de arbitrariedades que se alastra pelo país.

A luta por Lula Livre levanta também a questão da anulação das eleições de 2018, a única política capaz de colocar para fora do poder os fascistas que hoje ainda estão se sentindo à vontade para realizar todo gênero de ataques ao nosso povo, principalmente contra os mais pobres e vulneráveis.

O regime golpista, que segue em crise, certamente não poderia conviver com a liberdade do ex-presidente, principalmente com o povo mobilizado pela anulação dos processos da Lava Jato, e, em consequência, em luta por novas eleições, com Lula candidato.

É neste contexto que cada vez mais pessoas de Minas Gerais aderem à campanha dos mutirões, levando estas atividades para as mais diversas cidades mineiras, incluindo as principais do Estado, como Juiz de Fora, Ouro Preto, Belo Horizonte, Contagem e Uberlândia.

Em cada um destes locais, novos companheiros se integram à luta pela Liberdade de Lula, e vários outros demonstram interesse em organizar novos mutirões em outras cidades de Minas.

É desta maneira que a luta popular se faz: multiplicando esforços por todos os lugares, conduzindo a discussão política geral do país para as pautas setoriais, integrando mais e mais companheiros nesta batalha, até que o regime golpista caia pela força do povo organizado, assim como já aconteceu com a ditadura de 1964.

Os mutirões são um meio de luta extremamente simples e eficaz, e que conduzirão a novos atos de grande porte pela liberdade do ex-presidente, tais como o realizado no último dia 14, em Curitiba, movimentando o cenário político nacional em favor de Lula, até que não haja outra saída para a burguesia a não ser se render à vontade do povo.

Em Minas, o povo segue cada vez mais intensamente na luta pela Liberdade de Lula, Fora Bolsonaro e por novas eleições, com Lula candidato, para mandar para o esgoto toda a corja golpista que ainda está instalada no poder, incluindo os governadores fascistas Doria, Zema, Witzel e diversos outros.