Museus pernambucanos fecham devido à greve dos caminhoneiros

images (8)

A greve dos caminhoneiros, que já está se transformando em um grande enfrentamento aos interesses do imperialismo, já começa a deixar suas consequências. Neste fim de semana, alguns museus de Recife, em Pernambuco, anunciaram que não iriam funcionar devido à dificuldade de locomoção dos funcionários causada pela crise. Entre os museus que decidiram não abrir suas portas, estão o MAMAM (Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães) e o Museu da Cidade do Recife.

Leia abaixo a nota do Museu da Cidade do Recife:

“Em razão do desabastecimento de combustível que afeta todo o Brasil, e em respeito aos nossos colaboradores que terão dificuldade de conseguir transporte até o trabalho, todas as atividades do Museu da Cidade do Recife estão suspensas este fim de semana, dias 26 e 27”.

A mobilização contra o alto preço do combustível, que, por sua vez, é o aspecto mais aparente da privatização da Petrobras, deve ser intensificada a ponto de parar completamente o país. Por isso, é necessário que os trabalhadores participem da greve e coloquem em perspectiva a construção de uma greve geral contra o governo golpista.

Não à privatização da Petrobras! Abaixo o golpe! Liberdade para Lula!