Siga o DCO nas redes sociais

Extermínio
“Muda essa política de atirar”, dizem pais de Ágatha a Witzel
A politica de Witzel é exterminar pobres, pretos e impor seu poder contra a população pelo medo e terror.
Extermínio
“Muda essa política de atirar”, dizem pais de Ágatha a Witzel
A politica de Witzel é exterminar pobres, pretos e impor seu poder contra a população pelo medo e terror.
Menina Aghata de 8 anos de idade, morta pela polícia.
Menina Aghata de 8 anos de idade, morta pela polícia.

Esta colocada na conjuntura atual a verdadeira política do governador do RIO, Wilson Witzel, do PSC, que é exterminar o povo pobre, preto, favelado, com ações devastadoras, eliminando qualquer cidadão da classe desfavorecida.

Defender a polícia, instituição que foi criada para proteger a propriedade privada do capital e as fontes de rendas do estado e destruir todas as faíscas de revolta contra a opressão, é ficar do lado do opressor, é ficar contra a população. Não precisamos dessa polícia que causa medo e terror ao povo.

“Governador mude essa sua política de atirar. O que aconteceu com a minha filha pode acontecer com qualquer um”, diz mãe da menina Aghata, morta pela polícia, que atirou de forma aleatória, com uma metralhadora na população da localidade do morro do Alemão

Em resposta, o governador Witzel, disse que culpa foi do tráfico, que utiliza os moradores como escudo e que quem usa cocaína e maconha ajudaram a apertar o gatilho. Eis, a política demagógica e criminosa que condiz com suas atitudes anteriores, como por exemplo quando subiu no helicóptero e atirou na favela. Concluiu que não abandonará as política já estabelecida de segurança pública e que isso foi uma fatalidade.

O governador Witzel defende uma polícia criminosa, que está agindo de forma truculenta e arbitrária contra todos e todas sem critérios, simplesmente para impor uma conduta opressora de intimidação para o povo não reagir com medo de retaliações.

Mesmo com todo o aparato bélico da polícia, é preciso reagir e ir às ruas, gritar Fora Bolsonaro e todos os golpista e Liberdade para Lula, chamar eleições gerais com Lula candidato.