MST: “nós vamos fechar Brasília no dia 15” pela candidatura de Lula

João_Paulo_MST

No dia 15 de agosto, último dia para o registro das candidaturas presidenciais, o campo de apoio ao ex-presidente Lula está organizando um grande ato de adesão à candidatura do petista em Brasília. Uma manifestação de repulsa contra toda manobra de setores direitistas e pró-imperialistas está sendo convocada para ocupar o Tribunal Superior Eleitoral.

Diante desse chamamento, o MST decidiu abraçar a causa e convocar seus integrantes a se fazerem presentes no dia 15 de agosto em Brasília. Um dos principais coordenadores do movimento, João Paulo Rodrigues, chegou a afirmar que “não podemos permitir que Lula continue encarcerado. Nós vamos fechar Brasília no dia 15”. A fala do dirigente demonstra o clima e o peso que, espera-se, os sem-terra colocarão na manifestação.

A mobilização do dia 15 é uma data importante na defesa da candidatura de Lula, contra os golpistas e contra a ideia de um plano B. Lula, o candidato que coloca o golpe em xeque e deslegitima a fraude eleitoral dos golpistas cuja intenção é a vitória dos candidatos da direita e do imperialismo. É preciso, pois, se fazer presente nesse dia para lutar pela liberdade de Lula e pela derrota do golpe de Estado.