Assentamento sob ataque
Segundo as denúncias das próprias famílias assentadas, os dois homens entraram no assentamento em um veículo de cor branca e quebraram parte dos canos que abasteceria as famílias
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
images (11) (1)
Assentamento Olga Benário | Foto: MST

Por Gustavo Marinho
Da Página do MST

O assentamento Olga Benário, no município de Piranhas, no Alto Sertão de Alagoas, sofreu na última quarta-feira (24) um ataque contra a estrutura que levaria água às famílias assentadas. A estrutura, que estava prestes a ser inaugurada, teve seus canos quebrados por dois homens que invadiram a área.

Segundo as denúncias das próprias famílias assentadas, os dois homens entraram no assentamento em um veículo de cor branca e quebraram parte dos canos que abasteceria as famílias que vivem na área. Os assentados denunciam ainda que os dois homens tentaram ainda queimar a bomba de água.

As 30 famílias que vivem no assentamento fariam a inauguração da chegada da água nas casas do assentamento na quinta-feira (25), mas foram surpreendidas pelo ato de vandalismo um dia antes da inauguração. Uma comissão de representantes do assentamento já registrou Boletim de Ocorrência, denunciando o caso às autoridades de segurança pública do município.

O assentamento existe há 13 anos no Alto Sertão e luta pela conquista da terra e para garantir o acesso à água nas casas, como um direito básico para a garantia da vida das famílias e para a produção de alimentos saudáveis no território.

A chegada da água das casas foi adiada, mas os assentados e assentadas seguem exigindo que os órgãos de segurança pública possam investigar e punir os envolvidos na destruição dos canos da comunidade.

Além do registro do Boletim de Ocorrência, os camponeses e camponesas vão iniciar uma campanha de denúncia no município, expondo o ato e suas consequências na vida dos trabalhadores e trabalhadoras do assentamento.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas