Menu da Rede

Pedido veio de ativista

MP recebe pedido de prisão contra Neymar por crime de homofobia

Além da alegação de homofobia, Neymar também é acusado de formação de quadrilha

Tempo de Leitura: < 1

Neymar em campo pelo PSG – Foto: Reuters

Publicidade

O Ministério Público de São Paulo confirmou nesta terça-feira (9) que recebeu uma representação do ativista LGBTQ+ Agripino Magalhães contra o jogador Neymar, por crime de homofobia e formação de quadrilha.

Em áudio vazado pelo sítio Metrópoles, na sexta-feira (5), Neymar aparece xingando seu padrasto de “viadinho” e falando sobre uma suposta briga com sua mãe, Nadine Gonçalves.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

TEORIA DA REVOLUÇÃO PERMANENTE POR RUI COSTA PIMENTA (REPRISE)

81 Visualizações 76 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend