Menu da Rede

Genocida

Mourão vai a público comemorar maior chacina da história do Rio

Mourão diz que chacina não pode ser chamada como tal, e elogia operação genocida da polícia

Tempo de Leitura: < 1

Ditadura – Reprodução

Publicidade

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão afirmou hoje pela manhã que os 25 mortos pela chacina no Jacarezinho, a maior na história do Rio de Janeiro, eram “todos bandidos”.

Considerado o setor “moderado” do governo Bolsonaro por setores da esquerda pequeno-burguesa, Mourão comemorou e elogiou publicamente a ação da Polícia Civil, que assassinou diversos trabalhadores.

“Tudo bandido! Entra um policial numa operação normal e leva um tiro na cabeça de cima de uma laje. Lamentavelmente, essas quadrilhas do narcotráfico são verdadeiras narcoguerrilhas, têm controle sob determinadas áreas e é um problema da cidade do Rio de Janeiro”, declarou Mourão em entrevista a imprensa burguesa.

Ainda segundo ele, a chacina não deveria ser chamada como tal, e sim de operação por parte da Polícia Civil.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

70 ANOS DA REVOLUÇÃO CHINESA - COM RUI COSTA PIMENTA (CURSO COMPLETO)

362 Visualizações 5 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend