Amigo da onça
Vice presidente abandona apoiador à própria sorte após prisão.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brazilian Vice President Hamilton Mourao attends the swearing-in ceremony of Admiral Ilques Barbosa as Brazilian Navy new commander, in Brasilia's Naval Club, on January 9, 2019. (Photo by EVARISTO SA / AFP)
General Hamilton Mourão. | Foto: EVARISTO SA / AFP

O vice presidente ilegítimo Hamilton Mourão (PRTB) foi perguntado, por jornalistas, ontem (22), sobre a prisão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos). O general da reserva desconversou dizendo que trata-se de um caso policial e que a prisão de Crivella não afeta o governo federal.

Isso aí é questão policial, segue o baile, investigação e acabou. Para o governo não tem impacto nenhum. Tem nada a ver com a gente. Sem impacto, zero impacto“, disse Mourão ao portal UOL.

Crivella, nas últimas eleições apoiou e foi apoiado abertamente pelo presidente fascista Jair Bolsonaro.

Sobre este apoio do governo a Crivella, Mourão deu uma de “João-sem-braço”:

Isso aí, a gente apoia tanta candidatura aí. Não tem nada a ver“, disse, na mesma entrevista.

Agora, após sua prisão, Crivella é abandonado à própria sorte pelo vice presidente, mostrando que não há leadade entre os fascistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas