Músico morreu aos 79 anos
Tony Allen ajudou a criar o ritmo do afrobeat, fazendo muito sucesso na década de 70. Passou e influenciou inúmeros estilos musicais e percursionistas do mundo todo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Tony Allen
Foto de Frans Schellekens/Redferns |

Da redação – Tony Allen, um dos maiores bateristas de todos, faleceu na última quinta-feira aos 79 anos, em Paris. O músico foi um dos mais influentes de toda a história, participando da gravação de mais de 60 discos e de bandas como o Africa 70.

Allen, que era Nigeriano, foi um dos maiores expoentes da música de seu país e de todo o continente africano. Foi também um dos maiores parceiros musicais do saxofonista Fela Kuti. No século XX, participou do supergrupo musical The Good, The Bad and The Queen, que contava com músicos de bandas como The Clash, Blur e Gorillaz, além do próprio Allen.

A causa da morte ainda não foi divulgada.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas