Moro nomeia seus serviçais: ex-superintendente da PF está no governo de transição

moro rovato

Da redação – O funcionário do ex-juiz e futuro ministro da Justiça golpista, Sérgio Moro, ex-superintendente da Polícia Federal no Paraná, delegado Rosalvo Franco, foi nomeado nesta segunda-feira (19), para o cargo especial de auxiliar do governo de transição. Rosalvo foi superintendente da PF no Paraná de 2013 a 2017 e está participando de todos as reuniões com seu chefe, Moro.

No comando da PF em Curitiba, liderou os principais momentos da operação golpista Lava Jato, desde o início até fases delicadas, sendo assim, um serviçal dos donos do golpe. Como o Mussolini de Maringá, agiu perseguindo o PT para conseguir o cargo no governo golpista de Jair Bolsonaro (PSL).

Além do capacho da Polícia Federal, Moro também nomeou Flavia Maceno, que assessorou Moro na direção da secretaria na 13ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba.

Na preparação para a caça à esquerda, o ex-juiz golpista, que disse que não aceitaria cargos políticos em outro momento, está definindo nomes-chave para sua equipe no Ministério da Justiça, treinados pelo imperialismo para essa verdadeira “caça às bruxas”.

O nome do novo diretor-geral da PF também foi assinalado e pode ser definido nesses próximos dias como Mauricio Valeixo, hoje superintendente da PF em Curitiba e muito próximo ao golpista.